Francisco Carlos repudia fala que rede municipal ‘deseduca’

por Regy Carte publicado 18/12/2019 12h15, última modificação 18/12/2019 12h15
Vereador também faz balanço do ano parlamentar de 2019
Francisco Carlos repudia fala que rede municipal ‘deseduca’

Vereador Francisco Carlos em pronunciamento na sessão desta quarta-feira, 18 (foto: Edilberto Barros/CMM)

Em pronunciamento na Câmara Municipal de Mossoró, hoje (18), o vereador Professor Francisco Carlos (PP) se disse estarrecido com declarações da presidente do Sindicato dos Servidores Públicos Municipais (Sindiserpum), Marleide Cunha, de que a educação municipal “deseduca”.

“Repudio essa declaração, dada à imprensa. Rede municipal educa. Educa e educa bem. Reconhecemos o trabalho dos educadores, de toda a equipe da Secretaria Municipal de Educação, o esforço da prefeita Rosalba para continuar avançando na educação de Mossoró.”, afirmou.

O parlamentar observou que, se a declaração fosse de vereador ou gestor municipal, haveria uma semana de polêmica, porque estaria diminuindo o trabalho dos educadores. Mas é exatamente por atingir os trabalhadores que a postura merece repúdio, na opinião de Francisco Carlos.

Balanço

Também na tribuna do plenário, o vereador avaliou como positivo o trabalho parlamentar de 2019; agradeceu à equipe do gabinete, aos demais servidores da Câmara, à presidente Izabel Montenegro pela condução do Legislativo, a membros do movimento educacional e outros segmentos.

“Agradeço também a quem lembrou do nosso nome e ajudou a nos eleger Vereador do Ano 2019, prêmio que conquistamos pela segunda vez”, acrescentou, ao se dizer gratificado por  obter reconhecimento sem ter que diminuir a importância trabalho de outros pessoas.

“Tenho fé que 2020 será um ano muito melhor, para que tenhamos um Brasil melhor do que foi em 2019. Que em 2020 possamos realizar muito mais, conjuntamente com os colegas de Câmara, em prol da educação de Mossoró e outras áreas do nosso município”, concluiu.